segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Que papel o corpo expressivo pode cumprir na educação?


Os animais se expressão com movimentos corporais, sons instintivos. O movimento corporal expressivo no ser humano, além de ser fenômeno fisiológico é também cultural. Na nossa cultura ocidental valorizamos mais o racional e damos tanta importância às capacidades sensoriais e intuitivas que liberam a expressão. Como não damos valor ao desenvolvimento do movimento corporal,não estamos acostumados a explorar as suas possibilidades, com isto a gente acaba perdendo mesmo certos movimentos. É preciso que façamos uma intervenção através de estímulos, para que a criança não perca a espontaneidade do movimento natural. A criança precisa usar os movimentos naturais espontâneo, porque essa é a base de uma linguagem corporal expressiva, que está relacionada com todos os aprendizados e desenvolvimento da personalidade; estas relações estão sempre presentes na aquisição de novos conhecimentos, incluindo até a matemática e outros. A linguagem do corpo expressivo faz com que tanto criança com o adulto se perceba no mundo a partir de si mesmo ao si relacionar com o meio ambiente e o meio social.

O corpo que dança, que se coloca cenicamente, que realiza uma performance artística pode tocar a criança, o adolescente , ou mesmo o não dançarino?

Como ensinar a dançar?

Poderíamos falar em ensino da dança fora do âmbito profissional?

De que forma podemos construir atalhos que nos levem, como educadores, até os mais diversos "ouvintes" que encontramos em sala de aula, em cursos curtos, em escolas, em vivências corporais? 

Será que pode ajudar a gerar ideias para uma breve "sinopse" da nossa discussão?

Cybeli Cavalcanti  ... Metodologia  trabalho corporal.
Começando  a pensar no corpo humano , evocamos a existência, existimos e estamos em relação ao mundo  no corpo.(este tema  é bastante explorado  pela filosofia  existencial- fenomenológica)
Falar em corpo envolve toda a complexidade da física, anatomia, filosofia, psicologia, artes e todo gama do conhecimento humano que nos oferece padrões de comportamentos e pensamentos.
Nossa intenção é de simplificar.............................
Vamos iniciar com a questão da gravidade, a força da gravidade age sobre o corpo conferindo-lhe PESO.
O fator peso esta relacionado com o fator força.
FATOR – PESO  E FORÇA.
EXEMPLO DE UMA DINÂMICA PARA DESPERTAR A PERCPÇÃO DA GRAVIDADE.

 COMEÇAR POR DETAR-SE NO CHÃO, nesta posição, deitada faz menos força contra a gravidade porque o corpo deitado ocupa uma grande base e pouca altura ou seja a posição de estar em pé ao contrario da deitada podemos dizer que é uma grande altura para uma pequena base que são os pés, nesta posição corporal precisamos utilizar mais força para permanecer em pé. Posição, deitado no chão têm mais espaço corporal, o que possibilita maior percepção da gravidade, nesta posição de base grande e pouca altura é preciso usar menos força.
DESMANCHAR TENSÕES ao longo de nossa vida criamos nódulos na musculatura, enrijecimentos desnecessários (ver couraça muscular , W Reich mapeou sete anéis de couraça muscular: ocular, oral, cervical, peitoral, diafragmático, abdominal e pélvico)
A força gravitacional age sobre os corpos, conferindo-lhe peso,como já vimos, para realizaremos qualquer ação precisamos de usar a força o peso, portanto sem a gravidade., os corpos não teriam peso. Os corpos celestes estão sujeitos à força da gravidade porque as massas se atraem. Isso explica o fato dos planetas do sistema solar, asteróides e estrelas girarem ao redor do Sol: sua força de atração é imensa!

A explicação é a mesma para o fato da Lua 

Nenhum comentário:

Postar um comentário